>
POR: 329,90

ou 12x de R$ 34,12 com juros

COMPRAR

ACESSÓRIOS PARA PESCA

HIDROSSEMEADOR

HIDROSSEMEADOR APARELHO PARA PESCA ESPORTIVA-FOFO PESCA

HIDROSSEMEADOR APARELHO PARA PESCA ESPORTIVA-FOFO PESCA

(6580 6581)

DKS MONTAHOLI  | 

HIDROSSEMEADOR

Devido o Hidro trabalhar na horizontal e possuir hidrodinâmica ele irá ficar possivelmente a prumo e rente com o fundo do rio, sendo instinto dos peixes subirem até a fonte de alimento, dessa forma aumentando a chance de você fisgar os graúdos.

3 MESES  | 

IMEDIATO 30 DIAS

mais informações

HIDROSSEMEADOR APARELHO PARA PESCA ESPORTIVA-FOFO PESCA

(6580 6581)

DKS MONTAHOLI  | 

HIDROSSEMEADOR

Devido o Hidro trabalhar na horizontal e possuir hidrodinâmica ele irá ficar possivelmente a prumo e rente com o fundo do rio, sendo instinto dos peixes subirem até a fonte de alimento, dessa forma aumentando a chance de você fisgar os graúdos.

3 MESES  | 

IMEDIATO 30 DIAS

mais informações

Cor

AMARELO

VERDE

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 329,90

ou por 12x de R$ 34,12 com juros

ESTOQUE: 5

Quantidade

+

-

COMPRAR

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

REGULADOR DE DOSAGEM

Regulador especifica para regular a quantidade a ser liberada (quirela pura ou outras rações finas).
Obs. para milho seco / de molho ou cozido; ou soja seco ou de molho, ou misturado com quirela
e qualquer outras rações finas ou todas misturadas (Usar a regulagem aberto no Maximo).
Fabricado em aço inox

O QUE O HIDROSSEMEADOR FAZ

A missão deste novo aparelho Hidromecânico foi projetada para este esporte exclusivamente para os onívoros dos dias atuais com suas atualizadas táticas de sobrevivências devidas possuírem menos peixes nos cardumes.

(Ele não foi projetado para saciar, e sim, para atrair e adestrar/treinar onívoros a atacarem um grão de alimento e mantê-los famintos o dia todo, sendo assim será uma pescaria diferente dos cevadores comuns, será produtiva não só de manhã e a tarde, e sim o dia todo, um litro e meio de milho cozido pode ter autonomia de até de 6 horas de processo).

Nas épocas anteriores quando era farto de peixes em nossos rios, todas as formas de soltar alimento nas águas, mesmo sendo manual ou por ferramentas convencionais citados, conseguiam fisgar grandes quantidades de peixes, ou às vezes dependendo da época do ano nem precisava jogar alimento nas águas, agora nos dias atuais devidos uma serie de fatores que ocorreram e continuam ocorrendo em nosso meio ambiente, a quantidade de peixes estão um tanto reduzidos, tivemos de desenvolver uma ferramenta cientificamente atualizada. A nossa intenção é de trazer grandes alegrias neste esporte para toda a família sem destruir o meio ambiente.

CEVADORES CONVENCIONAIS E SUAS CONVENIÊNCIAS DESATUALIZADAS

Os cevadores convencionais são quase impossíveis de semear mais do que 30 minutos; quando regulados para sair menos, “engripa” e não sai nada, quando regulado para sair mais, ele solta todo o alimento de uma só vez.

Os cevadores convencionais trabalham na vertical e são difíceis de soltar o alimento próximo do fundo, devido produzir muito arrastos pelas águas, sendo assim eles levantam, e a ração cairá no fundo a partir dos 100 metros media em diante, mantendo o cardume sempre ariscos e distante, impossibilitando de sua tralha obter precisão nestas distancias, e quando fisga a maioria dos peixes escapam por estarem distante, possibilitando o peixe a caçar enrosco isso nem precisaria ser dito, porque todo os pescadores atualizado já sabem, estamos dizendo para os iniciantes. Os cevadores convencionais soltam o alimento para esquerda e para a direita desordenadamente e os peixes não reconhecem este formato na natureza, e emite um som desagradável/perturbador que os peixes não reconhecem naturalmente nas águas devido ele se movimentar bruscamente para esquerda e para a direita espantando os peixes rio abaixo ou para os lados.

VEJA A DIFERENÇA DOS CEVADORES

Os peixes não costumam pegar milho parado no fundo do rio, a não ser quando for cardumes grandes. Obs: normalmente só pegam o milho parado quando saímos do local, eles preferem atacar o milho rodando de rio a baixo, por este motivo pescar de rodadinha pega mais, razão porque eles estão acostumados a caçar alimento neste modo na natureza; e na natureza não desce de punhado de alimento e sim um alimento por vez (igual ao novo aparelho), não adianta jogar excesso, será desperdício e vai saciar os peixes logo nas primeiras horas de pescaria.

Veja o vídeo e comprove o milho logo a baixo parado, e eles atacando preferencialmente o alimento em movimento:

Veja o vídeo no Youtube: “Doutor Pescador #22 – Como treinar os peixes”, ou Clique Aqui.

Devido o Hidro trabalhar na horizontal e possuir hidrodinâmica ele irá ficar possivelmente a prumo e rente com o fundo do rio, sendo instinto dos peixes subirem até a fonte de alimento, dessa forma aumentando a chance de você fisgar os graúdos.

O NOVO APARELHO

O Hidro nos primeiros 10 minutos solta ração continuamente sem parar, fazendo um rastro em longa distância rio a baixo avisando que o alimento chegou atraindo os peixes até a fonte de alimento, em seguida automaticamente o hidro entra no processo das múltiplas etapas retardando gradualmente, e no final racionando retardando gradualmente o alimento, cada vez mais distante um grão do outro, possivelmente até 6 horas de processo, forçando os peixes onívoros se aproximar da fonte de alimento, fazendo assim os peixes ficarão adestrados/treinados a atacarem um grão de alimentos que o hidro liberará a cada tempo (como forma de recompensa) feito isso os peixes se confundirão e atacarão o grão com o anzol.

 

O Hidro simplesmente soltando mais a corda até o aparelho tocar no fundo das águas interromperá todas as suas funções devido interromper a sua rotação.

 

TABELA DE FUNCIONAMENTO

Modo que o hidro foi projetado para semear milho cozido resumo (em media).

Este aparelho de multi estagio foi projetado para atrair e treinar os peixes onívoros a atacar os grãos.

Semeando no inicio maior quantidade de alimento para atrair, em seguida retardando gradativamente e no final entrando no processo racionar o alimento para treinar/adestrá-los para o ataque ao grão, que semeara o grão um longe do outro também mantendo o cardume com fome o dia todo, foi copiada da mãe natureza que desde o principio os peixes já conhecem, similar ao pé de fruta da barranca do rio, os frutos já maduro começam caindo bastante depois vai acabando e começa a cair lá às vezes um fruto, ai os cardumes que foram atraídos pelo processo, inicial terá que disputar por um fruto (os pescadores antigos todos sabem deste fato real).

VEJA A TABELA DE TEMPOS (APROXIMADOS) SEMEANDO MILHO COZIDO EM ÁGUAS CORRENTES

Águas correntes de 5 km/h a 20 km/h até 15 metros de profundidade, usamos corda 3 mm e peso de chumbo de cerveja 473 ml nos primeiros 10 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 1 metro ou 1 segundos; de 10 a 20 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 10 metros ou 10 segundos; de 20 a 30 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 20 metros ou 20 segundos; depois de 30 minutos de trabalho restará media de 300 ml de grãos que possivelmente semeará em 2 a 4 hora, dependendo das profundidade das águas e do tamanho do milho cozido, foi a maneira mais que deu resultados nestas dezena de anos de pesquisa em águas rápidas.

Águas correntes acima de 2 km/h a 5 km/h até 15 metros de profundidade, usamos corda 3 mm e peso de chumbo cerveja 473 ml nos primeiro 10 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 5 metros ou 5 segundos; de 10 a 20 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 20 metros ou 20 segundos; de 20  a 30 minutos de trabalho semeia 1 grão a cada 40 metros ou 40 segundos; depois de 30 minutos de trabalho restará media de 500 ml de grãos que possivelmente semeará em 4 a 6 horas, sendo a maneira que mais deu resultados  nestas dezenas de anos de pesquisa em águas lentas.

Obs. nas águas lentas foi projetado para semear bem mais lento devido para não acumular grãos e não saciar os peixes para ambos não irem embora.

Obs. pode variar o tempo de semear de acordo do tamanho do milho cozido e das profundidades das águas (ou quando você por coincidência apoitar abaixo próximo de um pequeno relevo de areia ou cabeça de pedra) que são muito comum no fundo das águas, nesta posição as águas muitas vezes chega a ser 100% parada dicas se for possível antes de apoitar faça uma avaliação hidrográfica com sonar, ou percebendo  que não tá saindo milho recue alguns metros  do local.

OPÇÃO

Testamos e aconselhamos operar com milho cozido e fresco ou soja de molho fresco devido você poder iscar com o mesmo, porque os peixes estando acostumado atacar irão confundir mais fácil com o mesmo milho/soja iscado; obs. se quiser usar milho seco ou de molho soja seco ou de molho ou quirela seca ou de molho ou todo junto ou separado pode usar só vai dar diferença na autonomia e é óbvio menos produção, obs. quando usar qualquer tipo de ração seca não abasteça completamente porque incha e bloqueia o funcionamento.

VIDA ÚTIL DO HIDRO

Serie 1 e serie 2 em media 24 meses trabalhando dez horas por dia.

Estando usando no dia a dia sobre o sol, ventos e água ambos depois destes tempos citados começam a ressecar e dar desgastes. Agora quem usa pouco e guarda em local protegido do sol, ventos e claridades, estes equipamentos podem durar por mais de 10 anos.

PESO IDEAL

Para que o hidro possa semear bem mais a prumo forçando os peixes a ficarem perto de você, recomendamos usar corda 3 mm e contra peso de chumbo de 5a7kg fundido em latão de cerveja 475 ml ou de acordo com as correntezas.

COMO SABER SE O HIDRO VAI SEMEAR, TESTANDO A VELOCIDADES MÍNIMA DAS ÁGUAS

1º usando chumbo de 20 gramas e conseguir pescar de pingadinha o hidro irá semear.

2º soltar copinho sem ajudar desenrolar a carretilha o hidro irá semear.

Recomendação pescar no máximo para consumo nas pescarias ou de preferência (pesque e solte).